Categorias
Esgotado Ilustração

Oficina por ANDRÉ LETRIA «A Oficina de Ilustração do Mestre André»

A Oficina está esgotada. Subscreva a nossa newsletter para estar a par de todas as novidades.

Num livro ilustrado, a ilustração acompanha, complementa e, frequentemente, acrescenta mensagens, significados e interpretações ao texto. Junte-se a esta viagem com André Letria por quatro obras que marcaram o seu percurso artístico e acompanhe o processo criativo de cada uma delas.

Oficina por ANDRÉ LETRIA «A Oficina de Ilustração do Mestre André»
© Joana Berrones

O especialista

André Letria nasceu em Lisboa em 1973. Frequentou o curso de Pintura da Faculdade de Belas Artes de Lisboa e começou a sua atividade de ilustrador em 1992. Desde então as suas ilustrações percorrem as páginas de livros e jornais. Fez cenários de teatro e realizou filmes de animação. 

Em 2010, criou a Pato Lógico, uma editora independente, onde publica escritores e ilustradores que admira. Visita regularmente escolas e bibliotecas em Portugal e no estrangeiro para falar do seu trabalho e desenvolver oficinas criativas baseadas nos livros que ilustra e edita. Há livros seus publicados em diversos países.

Ganhou o Prémio Nacional de Ilustração em 1999 e 2019, o Grande Prémio Gulbenkian em 2004 e um Award of Excellence for Illustration, atribuído pela Society for News Design (EUA), entre outros. O seu livro A Guerra, com texto de José Jorge Letria, foi distinguido com alguns dos maiores prémios atribuídos a livros infantojuvenis, como o Grand Prix do Nami Concours, da Coreia do Sul, ou o prémio Talking Pictures da Feira do Livro de Nova Iorque.

Descritivo

Do texto escrito pelo autor às imagens que o vão ilustrar, decorre todo um processo criativo, mas também técnico, de inspiração e transpiração, que recria o universo imagético que não só acompanha, como complementa, e não raramente acrescenta, mais mensagens ao texto inicial. Pelo menos se o ilustrador tiver feito bem o seu trabalho.

Pelos olhos e mão de André Letria, vamos acompanhar todo o processo de produção de quatro obras distintas: as técnicas, as influências, o diálogo com o autor, os bloqueios, as dicas e os truques.

Obras em vistoria: A Guerra, Mar, Eu Vou Ser, Se Eu Fosse Um Livro.

Programa

Em cada uma das quatro sessões do curso será abordado um livro.

Sessão 1
Se Eu Fosse Um Livro

Sessão 2
Mar

Sessão 3
A Guerra

Sessão 4
Eu Vou Ser

Método de ensino

Online (Plataforma Zoom).

Quando

Datas: 6 a 15 de abril (terças e quintas-feiras).

Horário: 18.30 às 20.30.

Duração total: 8 horas.

Preço

Preços especiais de lançamento.

Pack Standard (Oficina 8h): 70 €

Pack Gold A (Oficina 8h + Livro Se Eu Fosse Um Livro*): 83 €

Pack Gold B (Oficina 8h + Livro Mar*): 84 €

Pack Gold C (Oficina 8h + Livro A Guerra*): 84 €

Pack Gold D (Oficina 8h + Livro Eu Vou Ser*): 85 €

Pack Premium (Oficina 8h + Livros Se Eu Fosse Um Livro + Mar + A Guerra + Eu Vou Ser*): 125 €

*Portes gratuitos para Portugal Continental. Fora de Portugal Continental: a definir consoante o destino.

Caso já tenha participado em alguma ação do Eu Aprendo em Casa, tem direito a um desconto de 5% na modalidade «Standard».

Promoções em vigor válidas apenas para a modalidade «Standard».

Inscrições

A Oficina está esgotada. Subscreva a nossa newsletter para estar a par de todas as novidades.

O livro Se Eu Fosse Um Livro

Um livro não é só um conjunto de folhas impressas, agrupadas de forma ordenada. Um livro pode guardar muitos mundos. O livro, esse objecto mágico e cativante que tem a capacidade de mudar as nossas vidas, pode, de facto, fazer-nos seguir um caminho diferente do que tínhamos planeado, revelar-nos o que antes desconhecíamos, ou até fazer parar o tempo enquanto nos perdemos em mundos imaginários. Um livro-avião prestes a levantar voo, um livro-candeeiro a iluminar uma rua escura, um livro-túnel de onde sai uma locomotiva fumegante, são algumas das metáforas de inspiração livresca que se encontram neste título e que nos desafiam para viagens de sonho e imaginação.

O livro Mar

Se o planeta Terra tem mais mar do que terra, não deveria chamar-se planeta Mar? A própria vida, tanto dos animais quanto dos vegetais, começou no mar. Injustiças à parte, aqui fica a nossa homenagem à maior das piscinas, tão importante para os seres vivos, com e sem guelras.

Este actividário aviou-se no mar e dá-te palavras para beber e não deitar fora. Brinca com elas e com os seus significados, uma e outra vez, porque felizmente há muito sal para temperar, muitas lendas para contar e muitas vidas para descobrir, seja de peixes ou piratas. É certo que o mar tem mais palavras do que marinheiros, mas o nosso barco não tinha redes para tudo.

Nesta 3.ª edição, melhorada, aumentada e ainda mais molhada, corrigimos gralhas, lacunas e acrescentámos palavras tão essenciais como Continente, Horizonte, Octopus, Tubarão e Zheng. Seja o primeiro ou o milionésimo mergulho nestas páginas, diverte-te sem preocupações com a digestão.

Mar serviu ainda de inspiração para o projecto do pavilhão infanto-juvenil da edição de 2013 da Feira Internacional do Livro de Bogotá, no âmbito da participação de Portugal como país convidado neste evento.

O livro A Guerra

Nasce como uma doença sussurrada e cresce a partir do ódio, da ambição e do medo. Não ouve, não vê, tão-pouco sente; mas esmaga e cala. A guerra é, porventura, o mais perene produto em série alguma vez inventado. Num mundo armadilhado como nunca antes, este livro de José Jorge Letria e André Letria é como um archote que se lança sobre a memória adormecida.

O livro Eu Vou Ser

Eu vou ser o aroma da aurora, a medida das coisas justas, um segredo tranquilo. Eu vou ser um sonho de aventura, a promessa de festa e alegria, uma ideia corajosa.

Eu Vou Ser é um livro, mas também é um jogo de descoberta e surpresa constantes. Cada página está dividida em três e as combinações possíveis entre estas parcelas permitem a criação de 4096 personagens diferentes, acompanhadas por textos que desafiam os leitores a dar um sentido pessoal a cada conjunto.

Este livro mostra que o mundo que nos rodeia está cheio de sonhos ao alcance da mão. Basta esticar o braço para não os deixar fugir. E assim, com o virar de uma página, podemos imaginar que tudo é possível e que podemos ser o que quisermos.

A Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Protecção das Crianças e Jovens (CNPDPCJ) juntou-se ao Pato Lógico e aos autores para celebrar com esta obra os 30 anos da Convenção sobre os Direitos da Criança, cumpridos em 2019.